Contemplação,

Meditativamente Contemplando O Teu Meditar

22:50:00 Inominável Ser 0 Comments


Realizo um momento inteiro

de efeitos dados aos anseios

do meu coração especialmente feito

de observações várias.

Te observo desde que

as primeiras luas fizeram

com que os últimos sóis

fossem representar

O Nascer De Todas As Esferas.

Te observo desde que

primeiramente pisei

em um solo material

após ter vindo de Lá,

De Lá Onde Tudo Gira

No Imaterial.

Te observo desde que

tudo aqui na Terra

era sorriso e ordem fraternal,

naquela época que dourava

todo ar,

todo mar,

todo verde,

que está em nosso redor...


Observar,

contemplar,

contemplar a tua meditação,

agora nesta época

em que morta está

a Razão.

Contemplar assim

como um voyeur inocente

a tua meditação,

o teu distante olhar,

trazendo-lhe as belezas

que ocultas estão

no brilho das coisas

em teu rosto embebido

de ondas maviosas

do Grande Mar.

Contemplar tua meditação,

ser um contemplador

desta tua meditação,

querida rainha minha,

rainha que nas noites protegidas

pela Grande Loba Hecate

traz para mim

o finíssimo alcance

de tecidos de vestes

de eternas campanhas...


Contemplativo,

louco para muitos,

gênio para ninguém,

este sou eu,

o Inominável Ser,

angustiosamente,

tristemente,

meditativamente,

contemplando o teu meditar...


Contemplativo,

rebelde para com tudo,

provocador de todos,

este sou eu,

o Inominável Ser,

apaixonadamente,

vividamente,

lacrimosamente,

meditativamente,

contemplando o teu meditar...


Sejamos como Kant,

sejamos como Spinoza,

contemplativos enamorados

um pelo outro,

querida meditadora,

nos ensinemos lições

no Romance Das Meditações

Dos Crepúsculos

E Das Auroras...


Meditemos...


Contemplativos...


Meditação...


Contemplação...


Meio...


Ação...


Conter...


Templo...


Ação...


Inominável Ser

MEDITANDO ATIVO

NO CONTEMPLAR

DO MEDITAR

DELA




0 Românticos Aqui Se Revelaram: