Anjos Noturnos,

Os Momentos Para Em Ti Muito Pensar

19:39:00 Inominável Ser 0 Comments


há momentos em que paro para pensar

no valor da poética pena que até tu

me guias

até tu que distante estás

uma distância como a da minha

até O Um

uma distância como a do amanhã triste

até o ontem verdadeiramente feliz

e me vem a questão do

porquê ser ainda poeta

e do porquê de romantizar

sobre musas distantes belas

musas como tu que busco

nas noites solitárias absurdas

nas quais até

os Anjos Noturnos

adormecem beijando as lápides

dos antigos poetas

poetas românticos

poetisas românticas

minha irmã Florbela

meu irmão Álvares

my brother Byron

my sister Breyner


sou subestimado

sou superestimado

ninguém me conhece

livros estão longe de serem lidos

livros meus acerca da

Filosofia Inominável

De Ser Solitário

sou solitário romantizando

diante da tua imagem

imagem de dama altiva

fumando cigarro

cigarro que pode trazer-lhe

aquela doença de nome amargo

mas esqueças do câncer

dê-se a liberdade de bela

derrotar ao concretizado correto

sejas apoliticamente incorreta

como eu sou

mui politicamente incorreto e rebelde

um misto de Robespierre e Marat

com o tempero nietzscheano

e schopenhauriano

acima de rodelas de maças

mordidas por Sade e Baudelaire


meu ego explode sim

meu desejo explode assim

retiro de mim meus Romances

alcanço A Grande Mulher

através de ti

através das Românticas Faces

deste Romance Virtual

Romance Real

para um bardo de gótico coração

de manteiga e cristal

um bobo qualquer

diante da feminil formosura tua

tua formosura de maiores torres

torres nas quais minhas buscas

são pelas infinitas princesas aprisionadas

em vossa alma

princesas d'alma vossa

de Negra Princesa Maior

Do Romance Dos Momentos

Além Das Cinzas

E Além Das Fumaças

momentos entre os vossos cigarros

e os de Diana Marini

momentos entre o vosso olhar assim

de Senhora Acima Das Cinzas

E Das Fumaça

e o olhar Daquela também distante

Deusa Fada


momentos nos quais penso

nos quais penso em remendos

dos vários Seres em mim mesmo

em ti

em ti

assim a fumar

a me tragar talvez

a me imaginar talvez

a me ver talvez

a me ignorar talvez

como tanto ocorre

com todas

toda vez

que me alço

a me aproximar

das princesas a mim

próximas

que me são negadas

pelo Romance Do Destino

E Do Carma

como muitos bardos

que tocaram suas liras

mas não tocaram

em suas musas princesas

e ajoelhados desencarnaram

olhando paras as suas

solidões de bardos


Inominável Ser

NO MOMENTO ATUAL

PENSANDO NELA




0 Românticos Aqui Se Revelaram: