Malina Dos Olhos De Tempestades

Malina Dos Olhos De Tempestades - Canto III

23:01:00 Inominável Ser 0 Comments


Dimensões distantes,

Dimensões próximas,

Cirandas de tempestades,

Ciranda de tempestades,

Ciranda de tempestades...


Malina,

Sou apenas uma tarde tardia

De vagabunda roupagem

Diante do seu olhar...


Dimensões lunares,

Dimensões solares,

Crenças nas tempestades,

Crenças nas tempestades,

Crenças nas tempestades...


Malina,

Soa em mim o impetuoso rumor

Das caídas minhas

Em imenso tenso alvorecer

Diante do seu olhar...


Dimensões estranhas,

Dimensões conhecidas,

Dimensões,

Dimensões,

Dimensões...


Qual a

Tempestade

Que te consagra

Como A Senhora Dos Olhos

Dela,

Malina?


Qual a

Tempestade

Que te conduz

Como Deusa Dos Olhos

Dela,

Malina?


Qual a

Tempestade,

A

Tempestade

Maior,

Que te oferece

A Dignidade Olímpica

De Ser Como Afrodite

E Atena Em Uma Mulher

Cujos Olhos São

Tremendas

Tempestades,

Malina?


Sou da Dimensão

Dos Românticos Inomináveis,

Ofereço-te

A Cantiga Inominável

Das Tempestades!


Malina,

Ouves agora

A Cantiga?


Sou O Cantor Inominável

Do Romance Tempestuoso

Que te ofereço

Com extrema

Verdade!


Malina,

Ouves assim

A Cantiga?


Sou O Canto Inominável

Do Romance Das Tempestades,

Malina,

O Canto

Para ti,

O Canto

Apenas para ti,

O Canto Eterno

Que te eterniza

Pelas Ondas,

Pelas Ondas,

Pelas Ondas,

Pelas Ondas,

Pelas Ondas,

Pelas Ondas,

Pelas Ondas,

Pelas Ondas,

Pelas Ondas

Da Grande

Verdadeira Vida

Das Mulheres

Toda Poderosamente

Romantizáveis!


Malina,

Ouças

A Cantiga...


Malina

E seus olhos:

Tempestades...


Malina

E suas tempestades:

Enobrecimento...


Malina

E Seu Existir:

Alívio para mim...


Inominável Ser

PARA

MALINA DOS OLHOS

DE TEMPESTADES




0 Românticos Aqui Se Revelaram: