A Rainha,

A Rainha Das Românticas Trevas Do Mundo - Canto II

20:23:00 Inominável Ser 0 Comments


É suicídio ficar assim

tão perto operativamente

das Mil Infinitas Trevas

Do Múltiplo Fim,

amando

amando

amando

A Rainha


Suicidio

Eterno Suicídio

Tremendo Eterno Suicídio

amar

amar

amar

A Rainha

assim


Mas,

o concluir do suicidar-me

não é simples assim,

minha lenta tuberculose

é qual a de meu

Grande Irmão

Álvares de Azevedo,

outro

amante

amante

amante

da

Rainha


Ah,

meu Grande Irmão,

Irmão Álvares,

como Ela

dignifica nossas lágrimas

em meio das nossas

Românticas Trevas

Sendo tão

Senhora Absoluta

Das Nossas

Interiores Trevas!


Ah,

Grande Irmão Álvares,

Grande Álvares

de Azevedo,

Vejas só,

Vejas

Vejas

Vejas

A Rainha

Conduzindo Os Carros

Da Caravana Das Trevas

Em Direção

Ao Verdadeiro Amor!


Ah,

Álvares,

A Rainha,

Senhora Amiga Nossa

Em Todas As Nossas

Primeiras

E Últimas

Amadas Lágrimas!


Ah,

Álvares de Azevedo,

Sonora Luzidia Rainha

É Nossa Estrela Guardiã,

guardamos em nós

a lembrança

dos Beijos Dela

nas Trevas

que eternamente

nos romantizam

nos romantizam

nos romantizam

nos romantizam

nos romantizam

nos romantizam

nos romantizam

nos romantizam

nos romantizam...


Inominável Ser

COM SEU

GRANDE IRMÃO

ÁLVARES DE AZEVEDO

DIANTE

DA RAINHA






0 Românticos Aqui Se Revelaram: