Ninfas,

Uma Ninfa Das Terras Do Norte

12:37:00 Inominável Ser 0 Comments


Os vulcões internos

meus

ampliam-se

caminho

no

gelo

adormeço

no

gelo

sonho

no

gelo

eu sou

gelo

eu vou ao

gelo

eu retorno do

gelo

aqueço-me no

gelo

submeto-me ao

gelo

pergunto ao

gelo:


"Qual Ninfa

me aguarda

ali naquela

passagem

ao Norte

do

Romântico Mundo

Dos Amorosos

Delírios?"


O gelo responde

quebrando-se

gelo

quebrado

gelo

quebrando

gelo

aberto

gelo

esparso

gelo

retido

gelo

metido

nas entranhas

minhas todas

de fervente

bardo

quebrador do

gelo eterno

de sua

gélida

solidão

formidável


A Ninfa sai do

gelo

A Ninfa

revestida

com todos

os Nomes Do Norte

se aproxima com

gelo

me cumprimenta com

gelo

beija-me

gelidamente

e eu caio

no sono

dos

Aesires Quedantes

para enfim acordar

no Valhalla

que me rasga

gelidamente


Gélido

vou morrendo

após ser

beijado

gelidamente

por uma

Ninfa Do Norte

que não me negou

o amor do

gelo

em flor

do

gelo

em cor

do

gelo

em dor

do

gelo

em

Eterno

Horizonte

De

Cálido

Fulgurante

Amor


Morro

romanticamente

no

gelo

no

gelo

no

gelo

no

gelo

no

gelo

no

gelo

no

gelo

no

gelo

no

gelo


Hela Canta

As Valquírias

abraçam-me

A Ninfa Do Norte

uma das

Ninfas Do Norte

congela-me

com Seu Amor

De Eterno Gelo

Inquebrável

que

ferve

que

ferve

que

ferve

que

ferve

que

ferve

que

ferve

que

ferve

que

ferve

que

ferve


Inominável Ser

FERVENDO

AOS BEIJOS

DE UMA

NINFA DO NORTE







0 Românticos Aqui Se Revelaram: