Espera,

Grande Espera Das Mais Silenciosas...

22:48:00 Inominável Ser 3 Comments


À noite,

quando me confronto

com a realidade,

quando me abordo

na infelicidade,

quando me aborto

na solidão,

então,

fico frente a frente

com a serenidade

do meu

Existir...

Não quero reclamar,

não quero chorar,

quero apenas

te amar

te amar

te amar

te amat

te amar

te amar

te amar

te amar

te amar...

No entanto,

as condições

são precárias

e nem mesmo

o sonho mais romântico

pode desfazer

de uma hora

para a outra

forças que se fazem

bem solidárias

com a minha angustiante

trajetória...

Tu,

tão longe...

Eu,

muito perto

da loucura plena

pelos problemas

que me fazem

chorar

e me desesperar...

Qual homem suportaria

tantos anos solitários

e quando,

enfim,

encontra uma amada,

uma mulher que

o deseje,

uma mulher que

o ame,

não pode

abraçá-la,

não pode

beijá-la?

Assim,

isso,

assim,

eu sou um

homem assim,

desempregado fodido,

pobre fodido,

poeta fodido,

a romantizar

por uma lira distante

que quero tocar...

Não se vá,

lira...

Não se vá,

lira...

Não se vá,

lira...

Espera,

a espera,

silenciosa

espera,

a silenciosa

espera...

Por que não

esperar

e silenciar?

Lira,

espera...

Lira,

silencia...

Esta sina minha

não é eterna.

E o nosso romance

podemos tornar

eterno.


Inominável Ser

ESPERANDO

E

SILENCIANDO







3 Românticos Aqui Se Revelaram:

Hellena disse...

Lindo, meu querido ... simplesmente lindo !!!

Tomei a liberdade de me ver em alguns te teus versos.
Atrevida que sou ...

Bjssssssss
Hellena

Hellena disse...

As mais lindas coisas da vida ...
Não podem ser vistas, nem tocadas ...
Mas sim, sentidas pelo coração ...
Assim como a minha amizade por você !!!

FELIZ DIA DO AMIGO !!!
Bjssssssss no coração

Cristina Lira disse...

Muito lindo o que é descrito nas linhas deste poema...Penso sim que este Inominável ser é um grande romantico, e se não o fosse assim seria por despertar o romantismo...Gosto muito de ler teus textos, gosto mais ainda quando vc ler os meus e deixa comentários fazendo questionamentos...Não sei se me encontro diante de um grande romantico ou de um grande filósofo, mas penso que dos dois!
Inominavel obg pela visita e parabens pelos seus blogs...Otimo dia!