Poder De Amar,

Um Semblante, Uma Nuvem, Um Romance...

12:00:00 Inominável Ser 1 Comments


Deitado,

bem deitado,

lanço uma rosa,

pesco um alvo.


Deitado,

mais deitado,

a cama estremece,

o alvo foi alcançado.


Deitado,

preguiçoso,

alço meu pensamento

ao amoroso alvo.


Deitado,

agitado,

ativo,

chego ao alvo...


Ergo-me agora,

chega de ficar

aqui deitado!

O alvo?

Ah,

o alvo,

não,

não estou caçando

e nem tenho

o instinto caçador

dos homens que

tratam as mulheres

como peças

de um jogo

na humana selva.

Sou um romântico,

tento ser

um romântico

nesta era

de aromânticos,

meu esforço

grande está sendo,

um esforço dentro

de um empenho

em ainda saber

que em mim há

a esperança

de amar.

O alvo,

o amoroso alvo

acima citado,

é um semblante

o mais ocultado

por uma nuvem

que mais aborda

a tessitura

de um romance...

Falando

e falando

e falando,

como estou falando

e como estou amando

o tal semblante!

Digo-me louco

assim amando

um semblante?

Digo-me pouco

assim visualizando-o

abaixo da nuvem?

Digo-me solto

assim vivendo

um romance?

Ai,

românticos

e aromânticos,

poetizem,

tentem

poetizar,

continuem poetisas

e poetas,

ao contemplarem semblantes

que muito lhes fazem

mui lembrar

do Poder De Amar!

O alvo sempre diz

que não se deve

jamais parar

de Poder Amar!

O alvo,

um semblante,

nuvem de sonhos,

nuvem de esperanças,

antecipa o romance

que pode a todos

Salvar!.


Amo um semblante

agora,

que se afasta

do meu amar...


Não estou a me

lamentar,

nem com raiva estou

a ficar...


O semblante dela

se afasta...


afasta...


afasta...


afasta...


afasta...


afasta...


afasta...


afasta...


afasta...


afasta...


mas...


mas...


mas...


Sei que outro

semblante

ainda maior

irei amar!


Semblante de humana,

semblante de não-humana,

não importa,

sei que irei amar!


Por que

sempre pensam

que os românticos

ficam a se lamentar?


Inominável Ser

PROCURANDO

UM NOVO

ALVO






1 Românticos Aqui Se Revelaram:

Cria disse...

Belas palavras, a encantar o leitor ... Muito bom, mesmo ! Meu carinho.