Anjos De Todos Os Romances,

Espelho Para A Excelência Da Tua Beleza Multiversal

16:20:00 Inominável Ser 3 Comments


Excedendo as expectativas

da minha própria Mãe Maior,

A Deusa Poesia,

intuitivamente sigo a poetizar

exatamente singrando constelações

nas quais todas as estrelas

rendem odes ao infinitismo

da tua beleza multiversal.


Há choques entre

os mundos,

há choques entre

as galáxias,

há choques entre

os universos,

há choques

nos quais o Kosmos

rende também odes

ao infinitismo

da tua beleza multiversal.


Um sol nasce

agora,

uma lua renasce

agora,

uma estrela desperta

agora,

um planeta evolui

agora,

um Universo expande-se

agora,

tudo em glória

a render odes

ao infinitismo

da tua beleza multiversal.


Anjos Solares

Cantam,

Anjos Lunares

Cantam,

Anjos Estelares

Cantam,

Anjos Planetários

Cantam,

Anjos Universais

Cantam,

Todos Os Anjos

Da Criação

Cantam,

rendendo odes

ao infinitismo

da tua beleza multiversal.


Oceanos Cósmicos

Dançam,

Montanhas Cósmicas

Dançam,

Tecidos Cósmicos

Dançam,

Textos Cósmicos

Dançam,

Solos Cósmicos

Dançam,

Tronos Cósmicos

Dançam,

Nuvens Cósmicas

Dançam,

Luzes Cósmicas

Dançam,

Trevas Cósmicas

Dançam,

A Ordem Cósmica,

inteira,

Dança,

rendendo odes

ao infinitismo

da tua beleza multiversal.


Os Guardiães Cósmicos

Da Eternidade

Falam,

Os Guardiães Cósmicos

Da Verdade

Falam,

Os Guardiães Cósmicos

Da Fraternidade

Falam,

Os Guardiães Cósmicos

Da Bondade

Falam,

Os Guardiães Cósmicos

Da Caridade

Falam,

Os Guardiães Cósmicos

Da Fertilidade

Falam,

Os Guardiães Cósmicos

Do Amor

Falam,

A Cósmica Raça

Dos Regentes Cósmicos,

inteira,

Fala,

rendendo odes

ao infinitismo

da tua beleza multiversal.


Ó,

Musa

Multiversal!


Ó,

Musa

Multiversal!


Ó,

Musa

Multiversal!


Construo para ti

infinitos

Universos!


Ó,

Musa

Multiversal!


Ó,

Musa

Multiversal!


Ó,

Musa

Multiversal!


Construo para ti

infinitas

Criações!


Ó,

Musa

Multiversal!


Ó,

Musa

Multiversal!


Ó,

Musa

Multiversal!


Construo para ti

O Infinito,

sou o Deus Criador

deste nosso

Infinito Amor,

Infinito Amor

capaz de aquecer

a todo o

Panteão Cósmico

com as chuvas

das mais puras

Chamas D'Alto

Amor!


Ó,

MUSA

MULTIVERSAL!!!


Ó,

MUSA

MULTIVERSAL!!!


Ó,

MUSA

MULTIVERSAL!!!


Ó,

MUSA

MULTIVERSAL!!!


Ó,

MUSA

MULTIVERSAL!!!


Ó,

MUSA

MULTIVERSAL!!!


Ó,

MUSA

MULTIVERSAL!!!


Ó,

MUSA

MULTIVERSAL!!!


Ó,

MUSA

MULTIVERSAL!!!


Inominável Ser

RENDENDO ODES

AO INFINITISMO

DE SUA

MUSA MULTIVERSAL







3 Românticos Aqui Se Revelaram:

Deusa Poesia,

À Minha Musa De Todas As Horas

15:59:00 Inominável Ser 5 Comments


À uma hora te escrevo

cem sonetos

n'alma.

Às duas horas te escrevo

duzentos sonetos

n'alma.

Às três horas te escrevo

trezentos sonetos

n'alma.

Às quatro horas te escrevo

quatrocentos sonetos

n'alma.

Às cinco horas te escrevo

quinhentos sonetos

n'alma.

Às seis horas te escrevo

seiscentos sonetos

n'alma.

Às sete horas te escrevo

setecentos sonetos

n'alma.

Às oito horas te escrevo

oitocentos sonetos

n'alma.

Às nove horas te escrevo

novecentos sonetos

n'alma.

Às dez horas te escrevo

mil sonetos

n'alma.

Às onze horas te escrevo

dois mil sonetos

n'alma.

Às doze horas te escrevo

três mil sonetos

n'alma.

Às treze horas te escrevo

quatro mil sonetos

n'alma.

Às quatorze horas te escrevo

cinco mil sonetos

n'alma.

Às quinze horas te escrevo

seis mil sonetos

n'alma.

Às dezesseis horas te escrevo

sete mil sonetos

n'alma.

Às dezessete horas te escrevo

oito mil sonetos

n'alma.

Às dezoito horas te escrevo

nove mil sonetos

n'alma.

Às dezenove horas te escrevo

dez mil sonetos

n'alma.

Às vinte horas te escrevo

cem mil sonetos

n'alma.

Ás vinte e uma horas te escrevo

duzentos mil sonetos

n'alma.

Às vinte e duas horas te escrevo

trezentos mil sonetos

n'alma.

Às vinte e três horas te escrevo

quatrocentos mil sonetos

n'alma.

Às vinte e quatro horas te escrevo

quinhentos mil sonetos

n'alma.


Não me invejem,

poetas,

poetisas,

não-poetas,

não-poetisas,

inacabavelmente poetizo

a minha amada,

quem disse que há limites

quando verdadeiramente

se ama

e quando verdadeiramente

se tem

a Deusa Poesia

n'alma?


Verdadeiramente amem,

poetas,

poetisas,

não-poetas,

não-poetisas,

e,

então,

podereis realizar

o mesmo que realizo

com os vossos respectivos

amados seres

ou até mais do que

venho a realizar

com o amado ser

que estou a amar.


DOU GLÓRIAS A TI,

DEUS,

POR EU ASSIM SER

UM POETA

E VENERAR COM TODA

A MINHA POÉTICA

INOMINÁVEL ALMA

A MINHA POÉTICA

MUSA DE TODAS

AS HORAS!!!


Inominável Ser

AMANDO-A

EM TODAS

AS HORAS







5 Românticos Aqui Se Revelaram:

Alma Eterna,

Ondas D'Amor, Ondas De Poder

15:13:00 Inominável Ser 0 Comments


Alma,

antiga alma,

alada alma,

insinuante e esvoaçante

pelas altas alvoradas,

em rompantes narcisistas

e fora do exotismo

da pura calma.


Alma,

a minha alma,

um dia encontrou a

sua alma,

uma tranquila alma,

uma rara alma,

uma bela alma,

exoticamente pura

que me deu a calmaria

aguardada.


Escura,

escura era a estrada,

hoje está iluminada,

iluminada pela luz

de tua alma,

nas quais vagas de mil mares

e mil e oito oceanos

arrancam de meus olhos

a canseira,

o torpor,

o tédio,

o rancor,

o ódio,

a angústia,

a tristeza,

o sofrimento,

o sono.


Sonho,

e como estou sonhando,

sonhando em ter-te

de encontro ao sol

quando em algum dia

eu estiver a repousar

calmamente contemplando

todo raio solar

a beijar

as serras,

os campos,

as florestas,

as praias,

os montes,

as montanhas,

as cavernas,

os vales,

as pradarias,

as colinas,

os penhascos

e as vestimentas todas

da Grande Mãe Natureza.


Cortante,

coroante,

cortante das mazelas

do amanhecer

e do anoitecer,

coroante nas benfeitorias

do entardecer

e do madrugar,

nas tardes

estou a amar-te,

nas madrugadas

estou a penetrar-te,

lânguido ou ferozmente

rápido,

o choque de nossos corpos

é Amor,

o suor unido de nossos corpos

é Poder,

ver teu corpo nu

é como ver todos os sóis

da Criação

a nascer

em todos os planetas

universais.


Amor carnal,

Poder carnal,

Carnal Amor,

Carnal Poder,

complementos do

Espiritual Amor,

complementos do

Espiritual Poder,

ah,

sentimentos sãos,

sentimentos insanos,

te lamber

te lamber

te lamber

te lamber

te lamber

te lamber

te lamber

te lamber

te lamber

te sugar

te sugar

te sugar

te sugar

te sugar

te sugar

te sugar

te sugar

te sugar

te ter

te ter

te ter

te ter

te ter

te ter

te ter

te ter

te ter!


Inominável Ser

NO AMOR

NO PODER








0 Românticos Aqui Se Revelaram:

Anjos De Todos Os Romances,

Em Dimensões Nas Quais Te Vejo

23:39:00 Inominável Ser 0 Comments


Na Dimensão Da Alegria,

te vejo sorrindo entre

Anjos Da Felicidade,

os mais sorridentes,

os mais férteis,

os mais possantes

Anjos da Criação

que trazem alegrias

aos corações dos Seres.


Na Dimensão Da Paz,

te vejo voando entre

Anjos Da Harmonia,

excelentes Cantores

da Música Celeste,

exímios executores

da Alta Música Solar

que fala de amores

e de amizades.


Na Dimensão Da Prosperidade,

te vejo correndo com

Anjos Da Natureza,

todos doando ao Verde

A Potência Do Pai,

A Eterna Seiva

Da Produtividade,

tudo gerando

para tudo alimentar,

tudo aumentando

para tudo fazer

girar.


Na Dimensão Da Bondade,

te vejo caridosa entre

Anjos Da Caridade,

distribuindo O Pão

ao espírito de todo

necessitado,

distribuindo Água Viva

aos lábios de todo

espírito

ensanguentado,

distribuindo O Vinho

aos que tem sede

de Sangue Alto

em seus espíritos.


Na Dimensão Da Ordem,

te vejo construtora entre os

Anjos Da Arquitetura

Universal,

cobrindo os firmamentos

de todos os mundos

com os compassos celestes,

medindo as estruturas

das galáxias universais,

expandindo a finura

dos portais estelares,

criando e recriando

Universos inteiros,

atravessando Dimensões

e alcançando

O Verdadeiro Arquiteto

Derradeiro.


Na Dimensão Das Águas

te vejo nadando entre

Anjos Do Grande Mar,

pescando almas para

O Grande Dia Exemplar,

lado a lado do

Mestre Pescador,

Jesus de Nazaré,

O Exemplo Maior

Do Amor Na

Criação,

e do Cristo Terrestre,

O Pai Maior

Do Verdadeiro Amor

Na Terra.


Na Dimensão Do Fogo

te vejo ardorosa junto aos

Anjos Das Chamas,

Chamas Cósmicas,

Chamas Estelares,

Chamas Solares,

Chamas Da Unidade,

As Chamas,

Gigantescas Chamas,

Chamas Do Eterno Pai.

Chamas Do Eterno Espírito,

Chamas Do Eterno Um,

Chamas Que Te Coroam

Como A Rainha

Do Fogo Do Amor.


E na pequeníssima dimensão

do meu pequeníssimo coração

te vejo permanente

como meu eterno amor

a pulsar

a pulsar

a pulsar

a pulsar

a pulsar

a pulsar

a pulsar

a pulsar

a pulsar

a pulsar

a pulsar

a pulsar

a pulsar

a pulsar

a pulsar

a pulsar

a pulsar

a pulsar

a pulsar

a pulsar

a pulsar

a pulsar...


Inominável Ser

NA DIMENSÃO

DO CORAÇÃO DELA

A PULSAR







0 Românticos Aqui Se Revelaram: