Românticos Rugidos Para Uma Divinal Leoa

Românticos Rugidos Para Uma Divinal Leoa - Rugindo Para Cada Palavra Da Leoa

12:00:00 Inominável Ser 0 Comments


Saem as palavras

de meus internos púlpitos,

a minha religião

é A Poesia,

A Deusa Poesia.


Saem palavras,

saem versos,

saem verbos,

plurais e singulares

românticas gramáticas.


Saem as palavras

de ti,

não apenas de teus lábios,

Leoa,

de teu Ser em si mesmo.


Saem palavras,

eu ouço a voz

d'alma tua,

voz gramaticalmente

imemorial.


Uma voz,

mil e uma palavras

em infinitudes

de palavras,

que há muito ouço!


Uma voz,

uma palavra

em infinitudes

de palavras,

que há muito eleva-se!


Uma voz,

mil infinitudes

de palavras,

ouvidas nas praias

das minhas solidões!


Palavras,

leoninas palavras,

as tuas palavras,

Leoa,

imperantes palavras!


Palavras,

leoninas palavras,

as tuas palavras

Leoa,

rugindo amadas!


Palavras,

leoninas palavras,

as tuas palavras,

Leoa,

chegando aqui aladas!


Fala,

Leoa,

teu Verbo

é o mesmo

da Grande Luz!


Fala,

Leoa,

teu Verbo

é o mesmo

da Grande Força!


Fala,

Leoa,

teu Verbo

é o mesmo

da Grande Energia!


Fala,

Leoa,

teu Verbo

é o mesmo

da Grande Unidade!


Leoa!


Leoa!


Leoa!


Leoa!


Leoa!


Leoa!


Leoa!


Leoa!


Leoa!


Inominável Ser

NO VIGÉSIMO QUARTO

RUGIDO

PARA

A DIVINAL LEOA









0 Românticos Aqui Se Revelaram: