Amadas Noturnas Inomináveis,

Noturna Elfa Do Noturno Romance Das Trevas Da Criação

02:59:00 Inominável Ser 2 Comments




Veja,

Estrela Das Trevas,

eu assumo agora

o semblante semelhante

ao semblante que rasga

o noturno véu

das névoas...


Venha,

Noturna Névoa,

Romantize

a minha tristeza

dilacerante!


Venha,

Noturna Tristeza,

me inspire neste

rompante!


Rompante

de vida,

de alguma vida,

que alguma Elfa,

bem próxima

e mui perdida

como eu,

coloca à minha

erma disposição...


Românticas

Trevas,

Romântica

Noite

aproximando-se!


Aproxime-Se,

Elfa,

me diga acerca

dos Sonhos

Do Leste!


Sonhos Do Leste,

As Imagens

de mundos alegres,

alegrias vertidas

em densas vestes!


Eu sonho,

Elfa,

sonho com a

romântica viagem

de todo este

meu Ser

a um mundo

no qual eu possa

realizar a forma

de estar próxima

a Algo Que

Me Romantize

Maior...


Mas,

pequeno sou,

pequeno diante

do Romântico

Véu Das Estrelas!


Pequeno sou,

pequeno diante

do Romântico

Véu Das Esferas!


Pequeno sou,

pequeno diante

do Romântico

Véu Das Trevas!


Elfa,

nas Trevas não sou

uma fraude,

nas Trevas não sou

um engano,

nas Trevas não sou

um fracasso,

nas Trevas

sou poeta,

nas Trevas

sou bardo,

nas Trevas

sou Inominável...


Inominável Ser,

Elfa,

O Meu Nome

Romanticamente

Recitado

Pelas Trevas!


Bardo,

Elfa,

O Meu Nome

Romanticamente

Recitado

Pelos Bardos

Das Trevas!


Poeta,

Elfa,

O Meu Nome

Romanticamente

Recitado

Pelos Poetas

Das Trevas!


"Homem Que

Romantiza,

É Assim Que

Recito Teu Nome

Nos Poéticos

Bosques De Vyta'n,

Onde Repousam

Maravilhosos Gaviões

Que Alcançaram

Altos Céus

Pelos Mundos

Romantizando

As Filhas E Os Filhos

Das Românticas

Trevas

Da Criação."


Sou um

solitário Gavião,

meu ninho está

ao colo da

Deusa Poesia,

está que não

distingue

os Poetas

Das Luzes

e os

Poetas

Das Trevas,

são todos

Poetas,

todos,

como eu,

Ouvintes de uma

Elfa

que toca a harpa

do Grande Romântico

Sonho

Das Eras...


Sempre te

Ouvirei,

Elfa

Poetisa!


Sempre te

Ouvirei,

Elfa

Sacerdotisa!


Sempre te

Ouvirei,

Inominável

Elfa!


Inominável Ser

OUVINDO

A ROMÂNTICA

ELFA DAS TREVAS

QUE O

INSPIRA








2 Românticos Aqui Se Revelaram:

Cria disse...

Sempre bom estar aqui, amigo poeta !

Cria disse...

Sempre bom estar aqui, amigo poeta !