Doce Menina,

Do Vento Que Sopra

21:54:00 Inominável Ser 2 Comments




Ventania, ventania, ventania,

me diga o nome

da doce menina

nascida da terra das

mil e oito maravilhas

de nove torres cristalinas!


Ventania, ventania, ventania,

como as mãos de Spinoza

vá polindo as lentes

d'alma minha

atrás do nome

da doce menina!


Ventania, ventania, ventania,

ó,

amiga ventania,

a doce menina corre,

é uma donzela beijada

pelos ventos da Vida!


Ventania, ventania, ventania,

ó,

amiga ventania!


Ventania, ventania, ventania,

ó,

grande amiga ventania!


Ventania, ventania, ventania,

ó,

grande eterna amiga ventania!


Ventania, ventania, ventania,

beijai os cabelos dela!


Ventania, ventania, ventania,

beijai a pele dela!


Ventania, ventania, ventania,

beijai o espírito dela!


Ventania, ventania, ventania,

beijai a mente dela!


Ventania, ventania, ventania,

beijai a alma dela!


Ventania, ventania, ventania,

ó,

doce ventania,

me traga a absoluta

beleza febril

de tão linda musa!


Ventania, ventania, ventania,

ó,

doce menina,

venhas para mim,

teu doce poeta

dando-te doce poesia!


Ventania, ventania, ventania,

soprai ao norte!


Ventania, ventania, ventania,

soprai ao sul!


Ventania, ventania, ventania,

soprai ao leste!


Ventania, ventania, ventania,

soprai ao oeste!


Ventania, ventania, ventania,

ó,

Ventania,

não pare,

não descanse,

não suma!


Ventania, ventania, ventania,

ó,

Ventania,

me dê a menina,

me dê a doce menina,

a doce menina de minha vida!


Ventania, ventania, ventania,

ó,

Ventania,

vem mais forte,

vem mais vívida,

vem adocicar toda minha vida!


Ventania, ventania, ventania,

doce menina!


Ventania, ventania, ventania,

minha doce menina!


Ventania, ventania, ventania,

minha doce amada menina!


Inominável Ser

PEDINDO

À VENTANIA

SUA

DOCE MENINA






2 Românticos Aqui Se Revelaram:

Aмbзr Ѽ disse...

parabens pelo poema belíssimo.
exaltar alguem ou uma musa em um poema é um dom, dom que vive em ti despreocupadamente.

http://terza-rima.blogspot.com/

E inominavelmente, Amber...