Desejo,

Assim Sempre Te Desejo...

12:00:00 Inominável Ser 0 Comments


Na mais pura ficção,

te desejo.


Na mais pura verdade,

te desejo.


Na mais estranha poesia,

te desejo.


Na mais sublime literatura,

te desejo.


Na mais frágil lágrima,

te desejo.


No mais poderoso sorriso,

te desejo.


No mais lânguido vôo,

te desejo.


No mais estonteante nado,

te desejo.


No mais infantil sonho,

te desejo.


No mais sério ensinamento,

te desejo.


Na ferocidade do tsunami,

te desejo.


Na selvageria do tornado,

te desejo.


Na fatalidade dos raios,

te desejo.


Na filosofia existencial,

te desejo.


Na retórica magistral,

te desejo.


No imenso penhasco,

te desejo.


No profundíssimo abismo,

te desejo.


Na radiante praia,

te desejo.


Na carinhosa cachoeira,

te desejo.


Desejo:

um verdadeiro nome.


Desejo:

um verdadeiro direito.


Desejo:

um verdadeiro verbo.


Desejo:

um verdadeiro enredo.


Desejo:

um verdadeiro mistério.


Desejo:

um verdadeiro horizonte.


Desejo:

um verdadeiro cosmo.


Desejo:

O Verdadeiro Kosmos.


Desejo:

A Verdadeira Conjugação

Do Verbo Amar.


Eu te desejo

Tu me desejas

Ela me deseja

Nós nos desejamos

Vós nos desejais

Eles nos desejam.


Qual Poder há

Acima Do Poder

Do Desejar?


Nenhum mais romântico

do que o próprio

Desejar

Desejar

Desejar

Desejar

Desejar

Desejar

Desejar

Desejar

Desejar...


Inominável Ser

ROMANTICAMENTE

A

DESEJAR

0 Românticos Aqui Se Revelaram: