Altos Anjos Do Amor Universal,

Um Anjo Do Amor Está A Tocar Uma Divina Guitarra Em Nosso Louvor

12:00:00 Inominável Ser 0 Comments




Nossos joelhos sempre ficam

dobrados,

somos crentes

na única coisa

que vale a pena

adorar:

O Verdadeiro Amor

Que Move

Todas As Coisas

Em Suas

Respectivas Esferas.


"Wish I Had An Angel",

dizemos um ao outro,

ouvindo Nightwish,

e um Anjo Do Amor

tocando uma guitarra

nos faz ouvir

o louvor que Ele canta

a nosso favor...


Os acordes

despertam todas

as nossas

divinas esperanças...


Os acordes

tocam em todas

as nossas

divinas alegrias...


Os acordes

tocam em todos

os nossos

divinos sonhos...


Os acordes

tocam em todos

os nossos

divinos caminhos...


Os acordes

tocam em todos

os nossos

divinos versos...


Anjo,

cante mais alto!


Anjo,

toque mais alto!


Anjo,

toque mais alto

a sua

divina guitarra!


Anjo,

toque muito,

muito mais alto,

a sua divina

guitarra!


Anjo,

o acorde perfeito,

O Acorde,

queremos ouvir,

queremos muito

ouvir!


Anjo,

O Acorde,

Aquele Acorde,

queremos muito

ouvir,

muito ouvir!


Anjo,

Aquele Acorde,

O Primeiro E Último

Acorde,

queremos,

queremos muito,

ouvir!


Anjo,

chame todos

os demais

Anjos

de sua banda!


Anjo,

toque para nós

e para todos

os amantes

da Terra!


Anjo,

toque para nós

e para todos

os amantes

desta galáxia!


Anjo,

toque para nós

e para todos

os amantes

deste Universo!


Anjo,

toque para nós

e para todos

os amantes

de outros Universos!


Anjo,

toque para nós

e para

O Grande Amante

Nosso,

Aquele Que Nos É

Mãe E Pai!


Inominável Ser

OUVINDO

COM SUA

ROMÂNTICA

METALEIRA

A DIVINA BANDA

ANGÉLICA

DO AMOR

0 Românticos Aqui Se Revelaram:

Campo,

Um Campo Onde Encontramos Uma Verdadeira Paz

12:00:00 Inominável Ser 0 Comments




"Eu qu'ria ser camponesa;

Ir esperar-te à tardinha

Quando é doce a Natureza

No silêncio da devesa,

E só voltar à noitinha..."


Florbela Espanca



Somos entes estranhos para

as pessoas normais, pessoas

que se dizem melhores porque

seguras estão de seus internos

equilibrados dotes.


Amor continua sendo amor

mesmo em um cemitério. Que mal há

em nos encontrarmos, musa minha,

no local onde reside verdadeiramente

a paz neste mundo?


Que continuem nos chamando de

loucos, de muito loucos, mas sentimos

tranquilidade a mais verdadeira entre

os mortos. Em meio aos vivos, apenas

os calafrios nos sondam.


Existe mais verdade em um cemitério

do que em uma casa de shows. Nestas impera

a Deusa Violência, a Deusa Luxúria e a Deusa

Loucura. Em um cemitério está A Verdade

Do Grande Romance Da Vida.


Em cada lápide, em cada túmulo, a cada

pedaço de terra, sentenças que tomantizam

acerca de cada osso. Cada osso um dia amou,

foi amado e jaz agora junto ao pacífico solo

mais sagrado da Terra.


Como não ver uma divina realidade em um

cemitério? Como não sentir Deus em um cemitério?

Como não perceber que, em um cemitério, a paz

é encontrável? Com respeito, de mãos dadas, silenciosos,

apaixonadamente caminhamos em um,


sem pressa, admirando as esculturas, lendo

os nomes nas lápides dos túmulos. Riem de nós

do lado de fora, nos estranham aqueles que

trabalham dentro de um cemitério, mas nem ligamos

e sempre estamos entre os mortos.


Cada passo nos deixa em paz. Cada passo nos dá

a sua paz. Cada passo, sem rumores de cansaço,

sem gritos de perturbação, no tumular silêncio

de um cemitério romantiza... Assim é um amor entre

incomuns pessoas pacíficas.


Se tu estranhas estes versos, fiques então com a tua

comum vida. Eu e ela somos de uma época melhor, uma

época mais amante da própria Vida. Não somos parte

de uma subcultura humana e nem fazemos tipo escolhendo

caminhar na cemiterial paz. Apenas queremos


perceber mais do Romance Da Vida em um local

onde Ele nunca termina. Espíritos nos acompanham,

falam de nosso amor, sentem o nosso amor, estão

felizes com o nosso amor. Anjos Dos Cemitérios

abrem-nos todas as passagens em direção


à Verdadeira Paz Silenciosa que em todos os cemitérios

há. Não há mais pacífico campo do que um cemitério. Não há

mais pacifica paragem do que um cemitério. Um dia, sem

preconceitos, amantes do mundo inteiro, queiram passear

em um cemitério.


O Verdadeiro Amor é como a paz encontrável dentro de um

cemitério. Uma paz sagrada. Uma paz divina. Uma paz eterna.

Uma paz infinita. Uma paz amiga de todo e qualquer casal

que queira encontrá-la, mesmo que entre A Emcruzilhada Dos

Portais Entre A Vida E A Morte.


A Verdadeira Morbidez consiste em teimar na continuidade

de seguir o senso comum, acreditando nas superstições

e crendices de antepassados ignorantes. O Amor, O

Verdadeiro Amor, é possível em todo lugar, tanto

entre os encarnados quanto entre os desencarnados.


Eu e ela, em nossas vestimentas carnais atuais, nos

aconchegamos em nossa cava e vivemos o nosso romance

na maior paz encontrável entre amantes que sabem

enterrar os ossos da mesmice para o encarar da morte

para as crenças insensatas cheias de nadas.


E ficamos em paz... A paz... Esta paz...


Paz que nunca adoece...


Paz que nunca morre...


Paz que permanece fora de tudo que é breve...


Inominável Ser

COM SUA

MUSA AMADA

ADMIRANDO

ROMÂNTICOS

CEMITÉRIOS

0 Românticos Aqui Se Revelaram:

A Dama E Senhora Inominável Da Nuvem E Da Brisa,

Estando Aqui Entre A Nuvem E A Brisa

12:00:00 Inominável Ser 0 Comments


Rendo uma hora para

estar aqui.


Remendo qualquer hora

para estar aqui.


Remexo em qualquer hora

para estar bem aqui.


Remodelo qualquer hora

para poder estar bem aqui...


Estar aqui

é o alcance maior

da minha

satisfação.


Estar aqui

é o impulso maior

da minha

elevação.


Estar aqui

é o momento maior

da minha

realização.


Estar aqui

é o movimento maior

da minha

passeata.


Aqui:

Sonho

Inacabável.


Aqui:

Império

Inderrubável.


Aqui:

Mundo

Indestrutível.


Aqui:

Igreja

Irremovível.


Aqui:

Árvore

Eterna.


Aqui:

Realidade

Eterna.


Aqui:

Poder Eterno.


Aqui:

Unidade Eterna.


É aqui

onde estou,

aqui,

entre a nuvem

das manhãs

de todos os

Romances

e a brisa

das tardes

de todos os

Jardins

que eu me

encontro contigo,

Dama E Senhora

Inominável

Da Nuvem

E Da Brisa.


Aqui,

bem aqui,

tenho Sua

atenção.


Aqui,

aqui mesmo,

tenho Sua

admiração.


Aqui,

aqui mesmo,

tenho Seu

amor.


Em qual outro local

eu deveria estar

sem deixar de sentir-Te

o odor,

que é o mesmo

da chuva molhando

a terra

e da brisa suave

que alegra todas as

tardes?


Aqui,

Dama E Senhora,

é o meu lugar.


Aqui,

Dama E Senhora,

é o meu lar.


Aqui,

Dama E Senhora,

é a minha paz.


Aqui,

Dama E Senhora,

é o meu templo.


Aqui,

Dama E Senhora,

Em Nosso

Eterno Casamento

Além De Todas

As Nuvens,

Além De Todas

As Brisas...


Inominável Ser

EM UM ROMANCE

COM

A DAMA E SENHORA

INOMINÁVEL

DA NUVEM

E DA BRISA


0 Românticos Aqui Se Revelaram:

A Dama Inominável Do Lago,

O Espelho Inquebrável Que Te Reflete Insondável

12:00:00 Inominável Ser 0 Comments




Olho para um espelho

deixado dentro

de uma lagoa,

ao fundo,

bem ao fundo,

de águas douradas,

de águas cristalinas,

de águas prateadas,

de águas doces,

de águas carinhosas...


Lanço-me em direção

ao fundo do lago,

sou um nadador experiente

nas buscas por espelhos

que possam refletir

meu coração

apaixonado,

brilhando dourado,

brilhando cristalino,

brilhando prateado,

brilhando doce,

brilhando prateado...


Cheguei ao fundo do lago

e A Dama Inominável

Do Grande Lago

pegou as minhas mãos,

pôs em Seu coração

e me fez ver

minha

Verdadeira Face

no espelho

Dela...


O rosto

Dela

é tão...


... meu rosto...


O rosto

Dela

brilha como...


... meu rosto...


O rosto

Dela

queima como...


... meu rosto...


O rosto

Dela

banha como...


... meu rosto...


O rosto

Dela

é como...


... meu rosto...


... o meu rosto...


... o meu rosto...


naquele

Espelho Inquebrável,

junto ao rosto

Dela,

dentro do rosto

Dela,

como o rosto

Dela...


O Amor Do Lago,

O Romance Do Lago,

uma história iniciada

entre mim

e Aquela Senhora

naquele dia

tão mítico

e distante

foi...


Eu A busco

no

Espelho D'Alma

Minha...


Eu A busco

no

Espelho Das

Eras...


Eu A busco

no

Espelho Da

Vida...


Eu A busco

no

Espelho Da

Eternidade...


Eu A busco

no Espelho Da

Poesia...


Eu A busco

no Espelho De

Deus...


... Ela...


... Ela é...


... Ela é um reflexo...


apenas

um

distante reflexo

cheio de Mistérios

nos Mistérios das

lagoas profundas

d'alma minha...


... meu espelho quebrado...


... meu espelho...


... o meu espelho...


inutilmente

em meu espelho

quebrado

tento localizar

alguma coisa

do Espelho Inquebrável

Dela...


Inominável Ser

EM MAIS

UMA BUSCA

EM SEU

ESPELHO

D'ALMA

0 Românticos Aqui Se Revelaram:

Alma Eterna,

Pantera.. Eu Te Aguardo... Ah, Pantera...

12:00:00 Inominável Ser 0 Comments




Pantera,

tuas garras

são aguardadas

pelas minhas

pernas...


Rasga-me

com toda a

paixão

de tua

alma!


Pantera,

tuas garras

são aguardadas

pelos meus

braços...


Rasga-me

com toda

a tua infinita

paixão

n'alma!


Pantera,

tuas garras

são aguardadas

pelas minhas

costas!


Rasga-me

com tua

paixão n'alma

naquela ardente

maior hora!


Ah,

minha Pantera,

somente de fitar

teu olhar

eu fico a enlouquecer...


Rasga-me

teu olhar,

Pantera,

tão fulminante

e apaixonado olhar!


Ah,

minha Pantera,

somente,

somente noto,

a paixão em seu olhar...


Rasga-me

teu olhar,

Pantera,

teu olhar soberano

das minhas terras!


Ah,

minha Pantera,

somente somente somente

teu olhar teu olhar teu olhar

para mim para mim para mim...


Rasga-me

teu olhar,

Pantera,

teu olhar dentro

das minhas serras!


Pantera,

aguardo

teus olhos,

teus braços,

tuas pernas!


Pantera,

aguardo

teu colo,

teus seios,

teus quadris!


Pantera,

aguardo

teu coração,

tua mente,

tua alma!


Pantera,

dominadora minha,

aguardo

a tua chegada

em minha floresta!


Rasga-me,

Pantera!


Com paixão...


Rasga-me,

Pantera!


Com muita paixão...


Rasga-me,

Pantera!


Com toda a tua paixão...


Rasga-me!


Rasga-me!


Rasga-me!


Rasga-me!


Rasga-me!


Rasga-me!


Ah,

Pantera...


Inominável Ser

QUASE SEM

RESPIRAR

POR CAUSA

DA

SOBERANA

PANTERA


0 Românticos Aqui Se Revelaram:

Alto Amor,

O Amor, A Guerra, As Armas

12:00:00 Inominável Ser 0 Comments


O Amor:

a última fronteira

da sanidade

meste louco mundo.


A Guerra:

a última verdade

que podemos buscar

pelo Amor.


As Armas:

os beijos,

os abraços,

os poemas...


O Amor:

fico triste

por ele estar

tão esquecido...


A Guerra:

devemos lutar

em nome

do Amor!


As Armas:

sorrisos,

afetos,

versos...


O Amor:

quanta angústia

pela Humanidade

tê-Lo abandonado...


A Guerra:

quem vai,

por Amor,

lutar?


As Armas:

amizades,

roamnces,

namoros...


O Amor:

está sendo deixado

para trás,

lá na Idade De Ouro...


A Guerra:

quem vai,

pelo Amor,

lutar?


As Armas:

noivados,

casamentos,

filhos...


O Amor:

Deus,

Deus,

para onde está Ele indo?


A Guerra:

quem vai,

no Amor,

lutar?


As Armas:

sinceridade,

honestidade,

otimismo...


O Amor:

Pai,

Pai,

para onde Ele foi?


A Guerra:

quem vai,

amorosamente,

voltar a humano ser?


As Armas:

humildade,

verdade,

caridade...


O Amor:

Jeová,

Jeová,

onde Ele está?


A Guerra:

sem tiros,

sem mortes,

apenas amores...


As Armas:

os amores,

os amores,

os amores...


O Amor...


A Guerra...


As Armas...


Quem ainda acredita

no Amado Poder

Da Verdadeira Amorosa

Vitória?


Inominável Ser

UM GUERREIRO

NADA

ROMÂNTICO

TENTANDO LUTAR

PELO

VERDADEIRO AMOR

0 Românticos Aqui Se Revelaram: