Grande Romance Da Terra,

Alegria Temida

12:00:00 Inominável Ser 0 Comments


Temo toda esta alegria

entre nós,

alegria entre amantes,

alegria entre namorados,

alegria entre esposos,

alegria entre um homem

e uma mulher

dentro do caminho

profundo amoroso.


Temo porque

jamais vivenciei

um momento assim,

um momento tão

especial,

assim,

nesta minha resistência

de trinta e cinco anos

como bardo.


Temo,

temo demais,

temo tremendo,

tal momento atual

da saga de meu existir

neste mundo

nada ideal,

nada seguro,

nada legal...


Estou sendo

tolo

ao temer

o amor que estou

a viver?


Estou sendo

bobo

ao temer

o amor que estou

a sentir?


Estou sendo

idiota

ao temer

o amor que me

incendeia tanto?


Temo,

temo

e temo

porque um romance

que estremece

é um romance que

faz parte das lendas

e dos mitos

acerca do

Grandes Romance

Da Terra.


Temo

porque amo

e perder este amor

seria a minha

catástrofe maior...


Temo

e não sinto vergonha

ao estremecer

e me diminuir,

sentindo-me menor...


Temo e amo

porque assim deve ser

dentro do meu

poético ser...


Quem não teme

a visão de um dia

no qual todo um

romance

termine,

que atire contra mim

a primeira injúria

mais bem

fundamentada.


Inominável Ser

INSEGURO

ROMÂNTICO

TEMEROSO


0 Românticos Aqui Se Revelaram: