A Rainha,

A Única Rainha

15:05:00 Inominável Ser 0 Comments


Das rainhas eleitas
pelo meu coração,
apenas uma foi coroada
na redenção
dos meus momentos
em fusão
com os talentos
da minha oração.

Escrevo à esquerda
de uma folha de fichário
que nunca é preenchida
sempre uma linha,
muito entorpecida
com adrenalinas,
para a rainha conquistadora
do meu tão pobre reino.

Filha da Rainha Poesia,
a riqueza que tenho
reside no bico da pena
e os valores que crescem
no mercado das
românticas ações
são valorizadas pelos acionistas
das Românticas Eras.

Sou vosso súdito,
vosso súdito-poeta,
um adnirador da
dourada coroa beijada
pela Eternidade
em tua divina cabeça,
a mais bela das esculturas
pela Natureza moldada.

Me ajoelho carregando
nas mãos,
nos olhos
e no mais profundo
d'alma minha
e do meu coração
poemas para você,
minha única rainha.

Vosso trono é nas nuvens
dos pensamentos meus,
vosso cetro está nas brumas
dos delírios meus,
vosso reino está nos reinos
dos secretos sonhos meus,
não sou vosso amado,
não sou vosso rei...

Mesmo assim,
minha única rainha,
eu poetizo em vossa honra
todo o sonho que me leva
até vossos pés,
ajoelhado te louvo,
ajoelhado te adoro,
ajoelhado te amo!

Me ajoelho
honrando-te,
louvando-te,
adorando-te,
amando-te,
como um dos reis
dos poéticos reinos
da Rainha Poesia!

Um rei 
a coroar-te,
Rainha,
Rainha,
Rainha,
Rainha,
Rainha,
minha Única Rainha!

Inominável Ser
AMANDO
A ÚNICA RAINHA
DELE
ABAIXO DA
RAINHA POESIA

0 Românticos Aqui Se Revelaram: