Angústia,

Sufoco Da Carne Solitária

13:35:00 Inominável Ser 0 Comments




Há neste sufoco
do meu corpo
um sentido maior,
uma meta maior
ou apenas sou
mais um azarado
nas rotas e vias
amorosas?
Sinto frio,
sinto medo,
sinto dor,
sinto mágoa,
sinto O Caos
me tragando 
nesta minha
marcha solitária...
Todos os anos passam,
meu rosto envelhecendo,
cabelos brancos surgindo,
desânimo crescendo
e uma sufocante solidão
me derretendo...
Deus Pai,
Deus Filho,
Deus Espírito Santo,
por que tamanha demora
para a chegada dela,
aquela que eu amarei,
aquela que me amará?
Oro,
clamo,
suplico,
choro
e ela não chega,
não surge como
o primeiro raio de sol
em minha existência...
Medito no vazio,
chamando por ela,
uma angustiante busca,,
uma amargurante reta...
Solidão é minha amiga,
uma solidão
que martela-me direto
n'alma,
angustiando-me mais,
amargurando-me mais...
 O Grande Romance
Da Solidão
eu escrevo
cada vez mais...
Noto
O Vazio...
Denoto
O Escuro...
Aborto
O Rumo...
Reduzo
O Limite...
Abraço
O Abismo...
Abismo...
O Abismo Da Solidão,
a rota magnífica
e perfeita
para todo poeta
e para toda poetisa;
mas,
quando afunda-se
Nele,
cavalga-se
Nele
e navega-se 
Nele
por muito tempo,
os Romances
tornam-se Dor,
Deusa Dor,
Irmã Maior
Da Deusa Poesia,
A Segunda Mãe
De Todos Os Poetas
E De Todas As Poetisas...
Vai sumindo tudo,
tudo...
Sumindo...
Sumindo 
a esperança
do meu encontro
com ela...
Sumindo...
Sumindo
a espera
do meu encontro
com ela...
Sumindo...
Chuvas vão
e vem,
ela não chega...
Sumindo...
Ondas vão
e vem,
ela não chega...
Sumindo...
Brisas vão
e vem,
ela não chega...
Sumindo...
Mortos e vivos
vão e vem,
ela não chega...
Sumindo...
Poemas nascem
e nascem,
ela não chega...
Sumindo...
Morro e ressucito,
indo e vindo,
ela não chega...
Sumindo...
Sumindo como
um meteoro
em céu noturno,
eu estou...
E ela não chega...
Sumindo como
pássaro sem ninho
longe de todo arpoador,
eu estou...
E ela não chega...
Sumindo como
sombra na parede
diante de luz maior,
eu estou...
E ela não chega...
Sumindo como
lágrima seca
no rosto dos amargos,
eu estou...
E ela não chega...
Subindo...
Subindo...
Subindo...
Subindo...
Subindo...
Subindo...
Subindo...
Subindo...
Subindo...
Subindo no cadafalso,
cujo carrasco
aguarda-me a cabeça,
eu estou.
E ela não chega.

Inominável Ser
QUE TAMBÉM
NÃO CHEGA

0 Românticos Aqui Se Revelaram:

Amores Diurnos Inomináveis,

A Música Que Ouço Dentro Da Marcha Das Auroras

12:00:00 Inominável Ser 0 Comments




Toca
uma conhecida 
música,
ouvida outrora
em
dias mais ricos.

Aqueles
que tocam-na
são
reconhecidos amigos
de
sagradas liras amadas.

Tal
música está
sempre
junto a todas
as
auroras crescentes.

É
música possante
atndendo 
a todos os possantes
enamorados
pelas Eras Terrestres.

Os
Anjos Do Amor
seguram
liras e violões  violinos
tocando-a
com esmero divino.

Raio Do Amor
Desce,
Ascende luminoso
todo
sentimento celeste.

Os
Filhos Do Amor
protegem
cada nota amada
gerada
pelos amores terrestres.

Amores
Diurnos Inomináveis,
Amores
Noturnos Inomináveis:
Amores
regidos pela Celestialidade.

Os
demais Amores,
todos
os Amores:
também 
regidos pela Celestialidade.

A
Música Elevada,
Harmonia Eterna,
Melodia Etérica...

A
Música Amorosa,
A
Harmonia Carinhosa,
A
Melodia Amantíssima...

Amada Música,
A
Amada Harmonia.
Amada Melodia... 

Todos
os apaixonados
são
conduzidos pelas notas
de
cada Divino Acorde.

E
O Amor,
Filho
Do Deus Criador,
Sutilmente
Canta Seu Louvor!

Inominável Ser
OUVINDO
EM
TODA AURORA
A
MÚSICA MAIS
PERFEITA
DA CRIAÇÃO

0 Românticos Aqui Se Revelaram:

Fogo,

Te Amando Em Meio Ao Fogo

12:00:00 Inominável Ser 0 Comments




As chamas estão 
altíssimas
e mais do que
infinitos incêndios
coroam-me n'alma.
Kundalini agita-se,
o mar de chamas
eleva-se mais do que
O Infinito,
sinto a transformação
e a detonação
das barreiras internas.

Poesia É Fogo,
O Fogo Do Sagrado
Espírito Do Amor,
Espírito Inabalável,
Espírito Libertador.
Kundalini nos une
na mais sagrada
das Amorosas Uniões,
nossos beijos
são chamas,
nossas mãos
são chamas,
nossos olhos
são chamas...

Chama minha,
eu te chamo...

"Chama minha,
eu estou indo..."

Chama minha,
traga as pérolas
de novos dias...

"Chama minha,
eu sou uma pérola
dando-te novos dias..."

Chama minha,
Rasgue O Véu,
Abrace O Vento
E Coma O Raio...
 
"Chama minha,
Eu Sou O Véu,
Eu Sou O Vento,
Eu Sou O Raio..."

Chama minha,
traga-m o ml
que oferecido é
aos Deuses Do Fogo
e aos Anjos Da Primeira Chama...

"Chama minha,
Eu Sou Uma Deusa Do Fogo,
Eu Sou
A Primeira Chama..."

Chama minha,
Kundalini,
eu romantizo
nosso encontro
e o Vosso Despertar
em meus horizontes...

"Chama minha,
Inominável Ser,
Eu Sou
O Romance Do Fogo,
Eu Sou Tua Amante,
Eu Sou Tua Esposa..."

Eu Te chamo...

"Eu te incendeio..."

Eu Te amo...

"Eu te incendeio..."

Eu Te eternizo...

"Eu te incendeio..."

Somos Um...

"Eu Sou Única..."

Somos Dois...

"Eu Sou Uma..."

Somos Três...

"Eu Sou Aquela
Que Tu Buscas..."

Me ame...

"Eu Sou O Próprio Amor,
Eu Sou O Fogo,
Eu Sou Kundalini,
O Fogo Incendiante
Destes Romances,
O Fogo Incendiante
Da Tua Poesia,
O Fogo Incendiante
De Tua Alma..."

Te reencontrei...

"Romantizes
conmtinuamente
e me reencontrará
infinitamente
além..."

Fogo...

"É O Que
Eu Sou!"

Inominável Ser
ENROSCANDO-SE
NAS CHAMAS
DE SUA
VERDADEIRA AMADA
COMPANHEIRA
ROMÂNTICA
 



 

0 Românticos Aqui Se Revelaram:

Dama,

No Espaço Que Há Entre O Alto E O Mais Alto

12:32:00 Inominável Ser 0 Comments




Eu decido 
silenciar,
ter um espaço para
orar.

Eu decido
orar,
ter um espaço para
chorar.

Eu decido 
chorar,
ter um espaço para
pensar...

Pensar em ti,
pequena dama,
Pequena Grande Dama Da
Manhã.

Pensar no Espaço
Entre O Alto
E O Mais Alto
em vosso

levitar...

Pensar no Espaço
Entre O Alto
E O Mais Alto
em vosso

raiar...

Pensar no Espaço
Entre O Alto
E O Mais Alto
 em vosso

irradiar...

Pensar No Espaço
Entre O Alto
E O Mais Alto
em vosso

agitar...

Pensar No Espaço
Entre O Alto
E O Mais Alto
em vosso

gravitar...

Pensar,
Pequena Dama,
Pequena Grande Dama
Da Manhã...

Pensar...

Pensar...

Pensar...

Entre O Alto
E O Mais Alto
quero,
Pequena Dama,

Pequena Grande Dama

Da Manhã,

apenas

em

Teu

colo

pousar,

pousar,

pousar,

pousar,

pousar,

pousar,

pousar,

pousar,

pousar...

Inominável Ser
POUSANDO
POUSANDO
POUSANDO
POUSANDO
POUSANDO
POUSANDO
POUSANDO
POUSANDO
POUSANDO

0 Românticos Aqui Se Revelaram:

A Leoa

A Leoa E O Tempo

12:00:00 Inominável Ser 0 Comments



Trinta dias
e
A Leoa 
sorrindo...

Sessenta dias

A Leoa
correndo...

Noventa dias
e
A Leoa
cantando...

Cento e vinte dias
e
A Leoa
realizando...

Cento e cinquenta dias
e
A Leoa
erguendo...

Cento e oitenta dias
e
A Leoa
libertando...

Duzentos e dez dias
e
A Leoa
dançando...

Duzentos e quarenta dias
e
A Leoa
sonhando... 

Duzentos e setenta dias
e
A Leoa
agindo...

Trezentos dias
e
A Leoa
agitando...

Trezentos e trinta dias
e
A Leoa
glorificando...

Trezentos e sessenta dias
e
A Leoa
declarando...

Cinco dias
e
A Leoa
rugindo...

Seis dias
e
A Leoa
rugindo...

Todos os dias
e
A Leoa
rugindo...

Inominável Ser
TODO DIA
OUVINDO
OS RUGIDOS
DA LEOA


0 Românticos Aqui Se Revelaram: