Romances,

Neste Mundo De Distorcidos Espelhos, Me Recuso A Parar De Romantizar

22:54:00 Inominável Ser 0 Comments



Não me diga para
parar de romantizar,
você aí
do outro lado
que me ache
um emo otário
falando de amor
neste recanto
cibernético 
raro.

Muitos por aí
já desistiram
do romantizar,
endureceram os
corações,
eliminando os
amorosos pombos
que trazem as felicidades,
mesmo passageiras,
em seus sonhos.

Muitos por aí,
agora mesmo,
estão se iludindo
e se esvaziando
nas ruas,
nas boates,
nas praças e
nos motéis,
nada ganhando
sem o
romantizar.

Muitos por aí,
a todo dia,
a toda hora,
em qualquer lugar,
lugar deste mundo
visível
e até no Mundo
Invisível,
preferem
violentar,
matar,
roubar,
sequestrar,
corromper
enganar.

Mas, 
eu,
Inominável Ser,
continuo
a romantizar.

Eu,
Inominável Ser,
insisto no
Romantismo.

Eu,
Inominável Ser,
resisto ainda
sendo um
Romântico Ser.

Quem pode me
tirar
tal direito de
Ser,
de Romântico 
Ser?

Você aí,
Aromântico
Ser?

Não,
tu não tens
tal direito,
assim como
nenhuma Deusa
ou Deus
que exista
o tem.

Continuarei
romantizando.

E você aí,
que ri do meu
romantismo,
vai continuar sendo
uma pequena
partícula
do vidro quebrado
de cada espelho
no qual a sua
imagem
é nitidamente
morta
sem um pingo
de Amor.

Romantizarei!

Romantizarei!

Romantizarei!

Até
meu último suspiro
de agonia,
de tristeza,
de sofrimentos
e angústias
entre efêmeras
alegrias!

Ou você aí
acha que
tudo é flores
em um 
Romântico Ser?

Ou acha que
é mais feliz
do que um
Romântico Ser
sendo um
Aromântico Ser?

Inominável Ser
QUE SE RECUSA
A PARAR
DE
ROMÂNTICO
SER

0 Românticos Aqui Se Revelaram: