Angústia,

Uma Paisagem Que Me Lembra Do Sufoco Onde Me Encontro

17:48:00 Inominável Ser 0 Comments


A paisagem muda
como a relação
dos dias que antecedem
a nudez das Formas
e os dias que seguem
a rude marcha das Notas...

A paisagem,
assim como para
todo poético ente
deste mundo,
desta Terra,
é uma constante mudança
de fogo e tempestade
na face toda inundada
por muitas ondas...

A paisagem,
esta interna e intensa
vestimenta que consagra-se
a todo aquele que 
realmente imita o sabor
de errantes amantes
de mais do que a carne,
ensina a sonhar como
nenhum sonhador
jamais sonhará...

Na paisagem minha,
moça de antiga era,
eu me situo
como o autor
de uma obra que
peca pelo excesso
de realismo
enfocando a esperança
em romances incompletos...

Na paisagem estabelecida
pela minha mente,
pelo meu coração
e pela minha alma,
ajuntada minha carne,
sufocadamente,
moça de antiga era,
eu realizo o sonho que
sempre torço para
objetivar-se...

Na paisagem
que cresce no meio
de todo o meu
reino próprio
de solidões e carências,
moça de antiga era,
vou modelando
imagens que digam-me
se meus sonhos
são romances completos
e realizáveis...

Na paisagem,
moça de antiga era,
eu realmente sonho
com uma completa
e realizável
solidão eterna,
você não está
me lendo,
você não está
me vendo,
você não está
em meus braços,
você sequer está
existindo neste
meu externo espaço
que cada vez mais
sufoca-me...

Na paisagem,
eu sou um
sufocado sonho...

Na paisagem,
eu sou
um sufocado sonhador...

Na paisagem,
eu sou 
um sufocado que não para
de sonhar...

Inominável Ser
NO SUFOCO
EM SUA
PAISAGEM



0 Românticos Aqui Se Revelaram:

Deusa Loucura,

Nesta Loucura Denunciante Toda De Nossa Crônica Insanidade

00:42:00 Inominável Ser 0 Comments



Veja o que fazemos
neste insano momento
de nosso louco
encontro...

Arrancamos asas
de Anjos
e com elas
estamos voando!

Veja mais
o que estamos
agora fazendo...

Roubamos de Afrodite
seu Leito Eterno
De Amor
e nele deitamos!

Veja,
ainda,
quanto mais estamos
fazendo...

Pulamos os muros
dos Jardins Celestiais
e comemos todos
os Frutos Proibidos!

Veja,
pelo Senhor Supremo
Dos Romances,
o que ainda fazemos
além...

Escapamos sempre
de flechas
quando cavalgamos
os Garanhões Celestes
do Jardim do Éden!

Veja,
pela Senhora Suprema
Dos Romances,
o que cometemos
a mais...

Adentramos desarmados
em perigosos presídios
e soltamos os
românticos aprisionados
pelos Tiranos Amorosos!

Veja,
veja,
tu,
louca romantizada
pela minha pena:

NOSSA LOUCURA
ATÉ MESMO
FEZ COM QUE
O EIXO DO TECIDO
UNIVERSAL
SE QUEBRASSE
DURANTE TODAS
AS NOSSAS LOUCAS
EMPREITADAS!

Mas,
é a loucura,
A Deusa Loucura,
que nos rege
em nosso 
Louco Romance
Imortal!

Inominável Ser
UM LOUCO
ROMÂNTICO
IMORTAL

0 Românticos Aqui Se Revelaram: