Amores Noturnos Inomináveis,

Caminhando De Mãos Dadas Com Uma Dama Das Trevas

22:13:00 Inominável Ser 0 Comments




Entre as sombras que
Se enterram entre
Os urbanos escombros
De cidades muito antigas,
Te encontro,
Dama Das Trevas,
A brincar com
Negras flores
E a brindar
Com Negros Amores
Aos pés de um
Anjo Noturno
A tocar uma dourada harpa
De nove cordas.


Pego sua mão esquerda
E saímos de mãos dadas,
Caminhando por uma
Cidade de fantasmas
Que nem mais sabem
Conjugar a verdade
Do Verbo Amar.
Mas,
Eu te amo?
Mas,
Você me ama?
Deixe estar,
Vamos
Apenas
Ca
min
har…


Ouvimos uma música agora,
Karolina Escarlatina,
Escarlatina Obsessiva,
Tiny Boat,
Ouvimos…
Ouvimos passeando
Pela fantasmagórica cidade
De lata
Destes tempos de nada
Onde ninguém encontra tempo
Para de verdade
Algo amar.
Ouvimos,
A cidade está calada
Também ouvindo…
Ouvimos,
A cidade chora
Pelos que não sabem
Amar…


Nós sabemos
Amar?
Você sabe
Amar?
Eu sei
Amar?

Sabemos
Amar?
Soubemos
Amar?
Saberemos
Amar?

Amar
Um ao outro?
Amar
A outros?
Amar 
A todos?

Ou também
Esquecemos
De como é
O Verdadeiro
Amar?

Deixe estar,
Vamos caminhar,
Gosto da sua companhia
Dentro das Trevas,
Seu cheiro
É suave alecrim,
Seu hálito
É ardente hortelã,
Sua pele porta
Tatuagens milenares,
Seus cabelos são
Negros mares,
Seus olhos são
Negros leitos,
Seu rosto é meu
Negro consolo…


Estamos
Apaixonados
Um pelo outro?
Você está
Apaixonada
Por mim?
Eu estou
Apaixonado
Por você?
Deixe estar,
Vamos continuar
Caminhando
De mãos dadas,
Ouvindo Escarlatina,
Deixando para trás
Toda resposta,
Toda pergunta,
Toda tentativa
De uma resposta,
Toda tentativa
De outras
Perguntas…


Inominável Ser
CAMINHANDO
COM UMA
DAMA DAS TREVAS

0 Românticos Aqui Se Revelaram: