Chuva,

Na Chuva Que Nunca Pára De Cair...

22:08:00 Inominável Ser 0 Comments




Na chuva que nunca pára de cair,
Na gota de cada chuva
Que ainda há de cair,
Na gota de todas as chuvas
Que já caíram pela Terra,
Sempre houve uma lágrima
De algum apaixonado
Sem o seu ser amado,
Que com a chuva
Sempre há de cair.


Na chuva que sempre cai tortuosa,
Cada gota rompendo as vestimentas
De um dolorido coração,
Cada gota assumindo sem limites
O delírio da solidão,
Cada gota falando os nomes
De toda acabada paixão,
As lembranças escorrem firmes
Em curiosas ondas de dor
E frustração.


Na chuva que sempre cai carrasca,
Cada gota trazendo uma navalha
Para a mente,
Cada gota trazendo um punhal
Para o corpo,
Cada gota trazendo uma adaga
Para a alma,
Cada gota trazendo um revólver
Para o coração,
Há apenas
Um lamento final,
Um tormento ao final,
Um tremendo extinguir
Afinal…


Na chuva que sempre cai,
As falhas do Passado…


Na chuva que sempre cai,
As farpas do Presente…


Na chuva que sempre cai,
As incertezas do Futuro…


A chuva que sempre cai:
A sabedoria da Natureza,
A sabedoria do Tempo,
A sabedoria de cada gota,
Gotas amargas,
Gotas arrasadoras,
Gotas loucamente caóticas.


Inominável Ser
APRENDENDO
COM A SABEDORIA
DE CADA GOTA
DE CHUVA

0 Românticos Aqui Se Revelaram: