Amores Diurnos Inomináveis,

Por Mais Das Marés Que Aqui Chegam

21:02:00 Inominável Ser 0 Comments


Ao longo das praias,
Entre areias que
Dizem os nomes
Daqueles que nelas
Amaram-se
Em tempos próximos,
Em tempos futuros,
Em tempos distantes,
Oro à Mãe
Das Águas
Por marés que
Possam trazer-me
Um mais profundo
Nadar
Em teus oceanos…

Dispenso embarcações,
Dispenso a respiração,
Caio profundamente
Em teus oceanos,
Teus infinitos oceanos
Onde fico nadando
Em paz,
Em honra
A cada onda
Que te sustenta
Por todo
Terrestre mar…

Longamente,
Precipitando-me,
Vou mais ao fundo
De cada um
Dos teus oceanos,
Encontrando
Ocultos tesouros,
Encantado
Com tuas ocultas
Raras jóias,
Envolvido
Pelos plenos laços
Que me aprofundam
Aprofundam
Aprofundam
Aprofundam
Aprofundam
Aprofundam
Aprofundam
Aprofundam
Aprofundam
Aprofundam…

E onde
Vou parar?

E onde
Estou
Ainda mais
A me aprofundar?

E onde
Posso dizer
Que vou parar
De em ti
Me aprofundar?

Você me bate
Com suas ondas,
Me joga
Em tsunamis,
Engulo
Toda água
Dos teus lábios,
Me afogo
Afogo
Afogo
Afogo
Afogo
Afogo
Afogo
Afogo
Afogo
Afogo…

E sou ressuscitado
Pela maresia
Dos teus lábios!

Marés!

Apaixonantes
Marés!

Românticas
Marés!

Românticas
Intermináveis
Marés!

Inominável Ser
NAS MARÉS
QUE JÁ
CHEGARAM

0 Românticos Aqui Se Revelaram: