Bebida,

Imperfeita III

18:00:00 Inominável Ser 0 Comments



Kobieta drink woman


"Glorifico aos bêbados!
Glorifico à bebida!
Glorifico ao álcool!
Sobriedade é morte!"

Não há nada mais doce
do que a bebida,
que me enlouquece,
oferecida pela sua
bêbada loucura
de insana mulher fatal...
Tua cachaça,
teu uísque,
teu conhaque,
teu vinho,
teu champanhe...
Muitas
e todas
as bebidas da sua
embriagante loucura
você me oferece,
me viciando
em um ritmo
dos mais hardcore
cada vez mais...
Sou um alcoólatra
sempre querendo beber
de seus beijos!
Sou um alcoólatra
sempre querendo beber
de seus carinhos!
Sou um alcoólatra
sempre querendo beber
da mais louca bebida
do teu corpo...
Sempre estou assim louco,
porém,
também sei que
nosso louco compromisso
é de arrebatadores momentos
repetidos em luas novas
onde todos os lobos no cio
uivam pelas bêbadas
madrugadas...
Casamos nossas imperfeições
e bebemos um do outro,
somos bêbados vampiros
com estacas cravadas na garganta
gerando sóis
na troca de hálitos de alho
ferventes de louca paixão,
a cruz que dentro de nossas
imperfeitas almas
carregamos...
Beba mais 
de mim...
Me deixe beber
mais de você...
Quero me embebedar
apenas em você...
Você,
uma perfeita alcoólatra
que devoro!
Você,
minha perfeita alcoólatra
que me devora!
Você,
a bêbada imperfeição
que a religião do álcool
fundamentou como
o meu inflexível dogma...

"Os goles descem devagar..."

Inominável Ser
NA RESSACA
DAS CURVAS
DELA




0 Românticos Aqui Se Revelaram: