Imperfeita,

Imperfeita XX

21:33:00 Inominável Ser 0 Comments



Dançamos como Trevas
apegadas nas atmosferas
que ressoam melodiosas
nas ondas de prazeres
que precisam ser ocultados...
Oramos como Trevas
para Demônios abaixo
das nossas sociais máscaras
e para Deuses dentro
de nossas imperfeitas almas...
Aprendemos como Trevas
a observarmos as centelhas
de tudo que se quebra
e de tudo que se vai...
Corremos como Trevas
dentro das velozes névoas
que nos mostram
os ocultos caminhos
que devemos percorrer
como amantes envoltos
em todas as possíveis
e impossíveis sombras...
Lutamos como Trevas
contra os derrames
de cérebros ignorantes
que desprenderam
a romantizar tudo que
se encontra nas horas
e fora das horas...
Deitamos como Trevas
em desérticas praias
para recebermos as luzes
de esperançosos sóis
que possam nos consolar
nas tremulantes horas
onde nosso Romance
Das Trevas
ofuscado é pelo
Anti-Romance Das
Humanas Feras...
Amamos como Trevas
um ao outro
por vias expressando
nosso desencanto com
o mundo inteiro
e nosso encanto
pelos nossos mundos
inteiros...
Como Trevas,
Estranha Imperfeita Mulher...
Como Trevas,
Obscura Imperfeita Mulher...
Como Trevas,
Dantesca Imperfeita Mulher...
Como Trevas,
Sinistra Imperfeita Mulher...
Como as Trevas
que são nosso almoço...
Como as Trevas
que são nosso jantar...
Como as Trevas
em nosso lar,
em nosso olhar,
em nosso beijar,
em nosso abraçar,
em nosso momento
a cada gloriosa noite
por nós adorada
de sermos Um...
Um como Trevas...
Um como Imperfeitas
Trevas...
Um como A Imperfeição,
que não nos nega.

Inominável Ser
COMO TREVAS
AO LADO DE UMA
IMPERFEITA  
COMPANHEIRA
DE CAMINHADA
NAS TREVAS




0 Românticos Aqui Se Revelaram: