Admiração,

Admirando...

23:20:00 Inominável Ser 0 Comments


Lyric Maria 

Em reflexão que me torna
Apenas um suave poeta
Que esquece das negras aquarelas
De sua estranhíssima cova
Paro O Tempo para apenas
Admirar-lhe entre um cenário
Que leva tudo aos terrenos
De grandes felinos sonhos

Pois bem sei também derramar
Meus versos em romances
Acompanhados sempre de doces
Aromas de jardins onde Deusas
Descansam Seus Sagrados Pés
Entre plantas que cantam sobre
O Grande Mar
E flores que poetizam sobre
O Grande Ar

E mais ainda sei derramar com
Uma sincera convicção profunda
Minhas lágrimas em terras
Que são fecundadas pela 
Calmaria que toma conta de mim
Perto do mundo inominável
Onde o Visível representa
O Grande Fogo
E o Invisível apresenta
A Grande Terra

Sou também safado quando
A Serpente enroscada dentro
Da minha alma Sibila mais alto
E o erotizante perfume
Da pornopoesia cintilante
Ferozmente desaba sobre
Meus membros nada vacilantes
Colocados todos em prol
Da fervorosa execução
De todos os Caminhos
Que a Carne unida ao Espirito
Demanda serem traçados

Admiradores possuem várias fases
Admiradores possuem várias faces
Admiradores possuem várias alternativas
Admiradores possuem várias tintas
Admiradores possuem várias penas
Admiradores possuem várias cenas
Admiradores possuem várias certezas

Eu sou apenas um admirador
De uma longitude silenciosa

Inominável Ser
APENAS
UM ADMIRADOR





0 Românticos Aqui Se Revelaram: